Histórico do Hospital - Madalena Nunes

O Hospital Maternidade Madalena Nunes, foi fundado na cidade de Tianguá em 1968 e inaugurado em 06 de março de 1971. O hospital era administrado pela a Liga Tianguaense de Proteção á Infância e á Maternidade, uma entidade sem fins lucrativos mantida pela a prefeitura municipal.

Entre os anos de 1983 e 1984, com a gestão do Sr. Tancredo Neves o hospital foi transferido para o Estado, onde passou a ser administrado pela FUSEC - Fudação de Saúde do Estado do Ceará, mantida pelo Governo Estadual.

Em 2001, ocorre uma nova mudança, os governos estaduais e municipais decidem que a competência administrativa deveria ser do município. Essa situação se dá até o ano de 2005, quando o governo estadual e municipal entra em nova negociação, pois a manutenção do hospital sob a gestão pública se tornava precária, dessa forma não era possível ofertar atendimento de qualidade que suprisse a demanda regional. No ano de 2006, foi formalizado um acordo entre os dois governos e a unidade hospitalar passou a ser administrada pela a Sociedade Beneficente São Camilo. Conforme o acordo firmado em contrato de vinte anos, a instituição filantrópica assume o compromisso de melhor a qualidade dos serviços e atendimento ofertados, continuar atendendo pelo o Sistema Único de Saúde - SUS e estende os serviços prestados  a outras cidades, com maior diversidade e qualidade.

A instituição filantrópica está presente no Brasil desde 1923. E tem como o propósito restabelecer a saúde dos seus usuários com excelência e amor. Desde a sua posse na administração do Hospital e Maternidade Madalena Nunes, a Sociedade Beneficente São Camilo investe em qualificação profissional, melhoria dos processos, ampliação física da instituição e aumento no quadro de profissionais. Atualmente conta com 84 leitos de internação, para atendimento de pacientes do SUS, Planos de Saúde e Particulares.

Parceiros